14 de junho de 2016

Clareamento Dental

Tipos de Clareamento Dental

 

O clareamento dentário é uma técnica que se tornou muito popular devido ao apelo estético por dentes brancos. Com o clareamento dental o paciente pode obter um sorriso branco e natural, propiciando satisfação imediata e elevando sua autoestima.

Muitos fatores contribuem para o amarelamento dos dentes. Seja pela ação natural, ou por ação química dos alimentos industrializados ingeridos pela população. A grande maioria dos alimentos contém corantes e acidulantes, estes agem causando escurecimento do esmalte dentário.

Existem duas formas para a aplicação dos agentes clareadores: a) Aplicação com auxilio de moldeiras caseiras, que é mais demorada e apresenta pouca eficiência, b) Aplicação com o auxilio de L.E.D. associado ao laser, este tipo de aplicação tem surtido resultados muito mais eficientes e rápidos. Ambas as formas são prescritas e administradas pelo cirurgião-dentista.

Na atualidade o clareamento realizado com L.E.D. associado ao laser é o recurso mais avançado na odontologia estética para clarear dentes.  Esta modalidade de tratamento

serve para clarear dentes por arcada dentária, ou individualmente, principalmente dentes traumatizados que sofreram tratamento de canal e escureceram.

Clareamento12

O clareamento dental é realizado com agentes clareadores oxidantes em forma de gel. O gel clareador é disperso sobre os dentes, conjuntamente é aplicada uma a fonte de luz de L.E.D. de alta potência e com um feixe bem pequeno de laser de baixa potência entre as lâmpadas. A função da luz/laser é ativar o gel, ou por ação enzimática ou por calor. Sua ação ocorre através das moléculas dos produtos oxidantes que penetram no esmalte e dentina. Há liberação de oxigênio que remove as moléculas de pigmentos causadores das manchas nos dentes

Clareamento Pós-tratamento Ortodôntico

Muitos pacientes têm recorrido ao clareamento dental, depois de finalizado o tratamento ortodôntico, aprimorando ainda mais os resultados obtidos com o aparelho ortodôntico e valorizando seu sorriso.

A recomendação para fazer clareamento dental é após os 16 anos de idade. No entanto, em adultos existem algumas restrições ao clareamento dental. Não é recomendado para pacientes que apresentam lesões cariosas, restaurações deficientes, problemas periodontais, hipersensibilidade, gestantes, lactantes e ainda para pessoas alérgicas ao produto. O cirurgião-dentista deve realizar uma boa avaliação da condição dental do paciente previamente à indicação do tratamento clareador.

O clareamento dentário

De acordo com resolução publicada no Diário Oficial em fevereiro de 2015, os agentes clareadores somente podem ser prescritos e realizados por cirurgiões-dentistas. Devido ao gel oxidante em concentração elevada requer cuidados técnicos por profissionais habilitados. O uso inadvertido deste gel clareador pode provocar lesões aos tecidos bucais de forma irreversível.

Clareamento Dental a Laser