14 de junho de 2016

DTM – Dor facial

A Disfunção da ATM é o funcionamento anormal da articulação temporomandibular, ligamentos, músculos da mastigação, ossos maxilar-mandíbula, dentes e estruturas de suporte dentário.  Quando existe a disfunção, o paciente apresenta sintomas, como dor de cabeça, dor de ouvido e/ou zumbidos, dor ou cansaço dos músculos da mastigação, ruídos articulares (estalos ou crepitação) e dificuldade para abrir a boca.

A disfunção da ATM está relacionada a hábitos comuns, como o apertamento dentário e o bruxismo (frender ou ranger), morder objetos estranhos, roer unhas, mastigar chicletes, postura da cabeça (para a frente), o de prender o telefone com o queixo ou ainda apresentar fatores relacionados com o estresse, depressão e ansiedade ou eventos traumáticos.

 

Os sintomas comumente citados são os seguintes:  

  • dor mandibular
  • dor facial
  • dor no pescoço, ombro e/ou costas
  • dor nas articulações ou face, ao abrir ou fechar a boca
    (bocejar ou mastigar)
  • enxaquecas (tipo tensão)
  • inchaço ao lado da boca e/ou da face
  • mordida que sente incômoda, “fora de lugar” ou como se estivesse mudando continuamente
  • abertura limitada ou inabilidade para abrir a boca confortavelmente
  • desvio da mandíbula para um lado
  • travamento ao abrir ou fechar a boca
  • ruídos articulares e dor de ouvido
  • surdez momentânea
  • vertigem ou zumbido
  • ouvido tampado
  • perturbações visual

O diagnóstico de DTM está baseado em vários sintomas, testando a amplitude dos movimentos mandibulares, auscultando os ruídos articulares, examinando o engrenamento dos dentes, apalpando as articulações como também os músculos da face e cabeça. Geralmente o cirurgião oral, pergunta ao paciente em busca de informações que causam a dor e outros sintomas, traumas, hábitos orais, tratamentos médicos e dentais prévios.

 

ATM