14 de junho de 2016

Ortodontia

Tratamento Ortodôntico

Ortodontia é o ramo da odontologia especializado no diagnóstico, prevenção e tratamento das irregularidades dentais e faciais. A Ortodontia visa a harmonia entre dentes, lábios e ossos maxilares levando a um equilíbrio facial adequado. O estudo do problema que o paciente venha a apresentar requer um profissional com conhecimento científico que irá diagnosticar e planejar adequadamente. Respondendo às dúvidas dos e-mails que foram mandados ao nosso Contato, elaboramos um questionário das principais duvidas de nossos pacientes para que possamos orientá-lo(a) da melhor forma possível:

Crianças pequenas podem usar aparelhos ortodônticos?

As crianças pequenas podem usar aparelhos ortodônticos. Porém para que isto aconteça, é imprescindível o diagnóstico da alteração do crescimento facial ou do desenvolvimento da oclusão, o planejamento do tratamento elegendo qual ou quais aparelhos indicados e o atendimento especializado.

Qual a melhor idade para consultar com o Ortodontista?

O Ortodontista pode ser consultado em qualquer faixa etária, uma vez que esta avaliação vai depender das necessidades do indivíduo. Caso o objetivo seja o diagnóstico e o tratamento precoce das alterações do crescimento facial e do desenvolvimento da oclusão, recomenda-se as crianças a partir de 4 anos (somente avaliadas). Em crianças desta idade, o profissional já tem possibilidade de detectar grande número de alterações, orientar os responsáveis e estabelecer futuras condutas de tratamento.

Porque a idade de 7 anos é considerada a melhor idade iniciar o tratamento?

Com a idade de 7 anos, geralmente o 1º. molar permanente já erupcionou e estabeleceu a mordida posterior. Neste momento, o ortodontista pode avaliar a relação dos dentes anteroposterior e lateralmente. Por exemplo, a presença de erupção dos incisivos pode indicar possível mordida aberta, mordida profunda, apinhamento ou sorriso gengival. O quanto antes for realizada a 1ª. visita aumenta as chances para um sorriso perfeito.

O que acontece se problemas ortodônticos não forem tratados?

O que vai acontecer depende inicialmente, de qual é o tipo e complexidade de problema encontrado e da resposta orgânica individual. Porém, genericamente podemos observar: alterações periodontais, desgastes dentários, perda de elementos dentários, comprometimento estético, distúrbios funcionais ( fala, respiração, deglutição ), disfunções na Articulação Têmporomandibular, cefaleias tensionais.

Quais são os benefícios de uma avaliação ortodôntica cedo? Uma avaliação cedo oferece detecção do problema em tempo e uma melhor oportunidade para um efetivo tratamento. Uma intervenção precoce correta guia o crescimento e desenvolvimento, prevenindo sérios problemas mais tarde. Quando a intervenção ortodôntica não é necessária, o ortodontista pode cuidadosamente monitorar o crescimento e desenvolvimento e começar o tratamento no momento ideal.

Quais as vantagens de um tratamento ortodôntico interceptivo (fixo)?

Alguns dos principais resultados diretos do tratamento interceptivo são: – Criar espaço para dentes irrompidos e apinhandos, impactados; – criar simetria facial através da influência do crescimento dos maxilares; – reduzir risco de trauma pela protrusão dos dentes anteriores; – preservar espaço para dentes não erupcionados; – reduzir a necessidade de extrações futuramente; – reduzir o tempo de tratamento com aparelho.

Você é um candidato ao tratamento ortodôntico?

O tratamento ortodôntico não é meramente para melhorar a estética do sorriso; o tratamento ortodôntico melhora as mordidas erradas (Maloclusão) A Maloclusão ocorre como resultado dos dentes ou por desalinhamento da mandíbula. Maloclusão afeta o jeito que você sorri, fala, mastiga e higieniza os dentes.

Porque as maloclusões devem ser tratadas?

De acordo com estudos da Associação Americana de Ortodontia, uma maloclusão não tratada pode resultar em uma variedade de problemas. Dentes apinhados (tortos) dificultam a higienização dos dentes e para passar o fio dental, o que contribui para acúmulo de placa bacteriana e problemas gengivais. Dentes protusos (pra frente) são mais susceptíveis a acidentes. Mordidas cruzadas podem resultar em um crescimento desfavorável. Mordida aberta pode resultar em interposição lingual e impedimentos na fala. Ultimamente, a ortodontia faz mais do que sorrisos bonitos – ela cria saúde para você.